• Home
  • Centro Europeu News

Centro Europeu News

DRONES: CURSO ONLINE PARA ACOMPANHAMENTO DE OBRAS E INSPEÇÃO

“Os drones, criados inicialmente para missões militares e de espionagem, vêm ganhando utilizações das mais variadas no mundo corporativo e social — até para gravação de vídeo em casamentos. Na construção civil, as pequenas aeronaves não tripuladas, também chamadas “vans” (na sigla em inglês), são consideradas soluções viáveis para reduzir o tempo de obras e fornecer informações para os softwares de edificações.”

A escola de profissões Centro Europeu, de Curitiba (PR), por meio da sua nova plataforma de cursos à distância, a Live School (https://liveschool.centroeuropeu.com.br/) – está oferecendo o curso “Serviços Técnicos com Drones”. As aulas serão ministradas ao vivo nos dias 22, 24, 29 de junho e 01, 06 e 08 de julho, das 19 às 22horas e ficarão disponíveis para os alunos por 60 dias.

Pilotos de drones profissionais e interessados em entrar neste mercado que está em pleno crescimento têm a opção de começar um curso online e ao vivo de curta duração, na próxima semana, dia 22 de junho.

Utilização de drones na construção civil.

Entre as disciplinas do curso estão o universo dos drones profissionais, o uso de drones no setor imobiliário, drones para acompanhamento de obras, introdução ao tratamento profissional de imagens, inspeções com drones, entre outras. A grade curricular foi pensada para ampliar as oportunidades de pessoas que gostam de tecnologia e também para os profissionais que já atuam com pilotagem de drones.

Aplicabilidade na construção:

  • Mapeamento da área construída: os drones possibilitam que o engenheiro civil consiga traçar uma “visão” para além do projeto no papel;
  • segurança: com os drones na construção civil torna-se viável identificar falhas ou erros com antecedência. Dessa forma, cria-se uma espécie de “proteção” para o desenvolvimento da obra e dos funcionários empenhados nela;
  • progresso da obra: com as capturas de imagens feitas pelo drone o processo de desenvolvimento de obra pode ser acompanhado sem quaisquer impedimentos;
  • monitoramento dos operários: as imagens dos drones são desenvolvidas em tempo real, por isso, com eles, também torna-se possível monitorar o trabalho dos operários;
  • facilidade em realizar inspeções e análises estruturais: a tecnologia implantada nos drones permite uma visão precisa e ampla da estrutura local. Devido a isso, é como se a pessoa estivesse observando a construção de forma bem próxima. (Fonte: https://itarc.org/drones-na-construcao-civil/)

O supervisor do curso, o geógrafo, pesquisador e profissional da tecnologia drones, Alexandre Scussel, explica que o mercado está em amplo crescimento e que, com a pandemia do coronavírus, novos setores passaram a utilizar drones para vistorias, entregas e fiscalizações.

“A crise está gerando novas áreas de atuação. Sabemos que será necessário muitos profissionais capacitados e o objetivo é ensinar os alunos sobre como desenvolver soluções altamente especializadas e gerar valor por meio de dados captados com aeronaves remotamente pilotadas”, explica Scussel.

Foto: Alejandro Peña

NOVOS MERCADOS – O curso também é voltado para profissionais ligados às áreas de engenharia, arquitetura, seguradoras, construtoras, corretores de imóveis e todos os interessados em obter retorno rápido do investimento. “A vantagem do curso online é que ele não tem barreiras e, neste caso, trata-se de uma especialização de alto nível para atender demandas de um mercado que se mantém ativo, mesmo na crise”, finaliza Alexandre.

SERVIÇO

Curso “Serviços Técnicos com Drones”

Data das aulas: 22, 24, 29 de junho e 01, 06 e 08 de julho
Horário: 19 às 22horas
Inscrições : https://liveschool.centroeuropeu.com.br/cursos/servicos-tecnicos-com-drones/

Andreza Rossini – Assessora de Imprensa
Comunicore – Comunicação e MKT
41 – 99925.1169 / 41 – 3343.4797

Centro Europeu produz Hambúrguer do Bem para Moradores de Rua

O Centro Europeu, escola de profissões com mais de 30 anos de história, promoveu no final de maio, data em que se comemora o Dia do Hambúrguer – uma ação especial chamada Mesa Solidária – Hambúrguer do Bem. A iniciativa – realizada em parceria com a Fundação de Ação Social (FAS) da Prefeitura de Curitiba e o Instaburguer – prevê a produção de hambúrgueres que foram doados para moradores carentes que frequentam o restaurante popular do Capanema, em Curitiba.

Hambúrguer do Bem,  preparado por alunos e professores do Curso de Gastronomia, do Centro Europeu.

 

MESA SOLIDÁRIA – Lançado no fim do ano passado pela Prefeitura, o programa Mesa Solidária já está distribuindo lanches para pessoas em situação de rua em dois pontos de Curitiba. As marmitas e lanches do Mesa Solidária são servidos gratuitamente, no contra-turno, nos restaurantes populares do Capanema (das 19h às 21h) e da Matriz (das 16h às 18h). O atendimento é feito por equipes da Prefeitura e voluntários das instituições parceiras.

Segundo Rogério Gobbi, diretor acadêmico do Centro Europeu – Profissões & Idiomas, “A Ação Hambúrguer do Bem, realizada em parceria com a FAS, projeto Mesa Solidária e Instaburguer CWB, foi um projeto pontual, no qual envolvemos professores e alunos em uma ação voluntária de apoio a pessoas vulneráveis.

A ação foi extremamente positiva, onde foram entregues aproximadamente 300 hambúrgueres que além de terem sido preparados com muito amor, teve um diferencial nutricional na sua composição, pois ao blended da carne foi adicionado pelos nossos chefes do Curso de Cuisine Santé, nutrientes especiais como Quinoa, Amaranto e Cúrcuma, que contribuem para a imunidade do ser humano.

Importante salientar, que o Centro Europeu sempre apoia ou conduz com seus alunos e professores, projetos que envolvem áreas sociais e filantropia, tais como:

Risoada: Feijoada com Humor, feito em parceria com o Hospital Pequeno Príncipe, no qual é produzido feijoada para aproximadamente 1.000 pessoas que compram o ingresso e o valor é revertido para o hospital;

Repartindo o Pão: Projeto no qual alunos e professores durante a madrugada nas cozinhas dos Cursos de Panificação e Confeitaria, produzem pães para logo cedo fazerem a entrega em abrigos, asilos e casas de apoio”, conclui Gobbi.

Centro Europeu – Sede Gastronomia*
Endereço: Alameda Princesa Izabel, 1300 – Bigorrilho – Curitiba/Pr.

Telefone: (41) 3324-6669

https://centroeuropeu.com.br/portal/sedes/gastronomia/

Sede Gastronomia do CE

 

*Cursos de Chef de Cuisine – Restaurateur, Chef Pâtissier,Chef Boulanger, Chef Gourmet, Sommelier, Beer Sommelier e Home Brewer, Cuisine Santé, Cozinha Molecular e Cake Design.

 

Elaboração dos Hambúrgueres na sede Gastronomia:

Fotos: Silvia Sugiura (C.E.)

 


Colaborou: Andreza Rossini – Assessora de Imprensa
Comunicore – Comunicação e MKT
41 – 99925.1169 / 41 – 3343.4797

 

A FOTOGRAFIA NO REGISTRO HISTÓRICO DA QUARENTENA

Mudança completa da rotina, dos hábitos e de todo um país, em várias partes do mundo. Vivemos em uma nova realidade com a quarentena devido ao COVID-19 e passamos por um momento histórico.

Registrar as emoções e as novidades desse período é uma das funções da fotografia. “As imagens podem contar desde como foi a adaptação à cozinha de um jovem que nunca cozinhou até os hábitos que foram retomados, reunindo a família para uma conversa na sala, por exemplo. Dentro dessa premissa documentamos um capítulo da história através das lentes”, afirma a supervisora do curso de fotografia do Centro Europeu, Tânia Buchmann.

Foto 1 – Registro da quarentena em Curitiba/PR.

As palavras e as imagens devem estar unidas para registrar às próximas gerações o que ocorreu no ano de 2020. “É um momento no qual o papel do fotógrafo é fundamental, dentro ou fora de casa. O fotojornalista que sai fotografar e vê tudo parado precisa mostrar que nada está acontecendo, isso é parte dessa fase: as bicicletas e os patinetes de Curitiba parados, as ruas vazias”, explica.

São registros de uma fase imprevisível e cheia de readaptações. “Não observamos apenas uma imagem, mas uma emoção, uma mudança de hábitos ou detalhes que até então não eram percebidos com a correria do dia a dia. Através da arte fotográfica estamos mostrando emoções, o aprender a olhar pela janela e ver o que acontece lá fora”.

Foto 2 – Registro da quarentena em Curitiba/PR.

Desafio

Os alunos do curso de fotografia do Centro Europeu produzem um “diário da quarentena”, desafio feito pela Professora Tânia Buchmann.

A ideia é observar a rotina e registrar cenas criativas. “Eles precisam captar uma cena que retrate aquele dia, em situações como essas o objetivo é mostrar o que acontece nos ambientes familiares, para que seja entendido a magnitude da pandemia. Existe uma narrativa muito intimista dentro dessa rotina”, diz Tânia.

Foto 3 – Registro da quarentena em Curitiba/PR.

> As Fotos acima publicadas, são de autoria do Professor e Fotojornalista Marcelo Andrade. 

 

SERVIÇO:

Curso de Fotografia do Centro Europeu

Endereço: Rua Benjamin Lins, 999 – Sede Batel – Curitiba/PR.

Fone: 41 3233 6669

https://centroeuropeu.com.br/portal/cursos-de-profissoes/curso-de-fotografia/

(Por Andreza Rossini – Assessora de Imprensa
Comunicore – Comunicação e MKT)

CIVILTÀ E CULTURA ITALIANA NO CENTRO EUROPEU

O Centro Europeu foi fundado em 1991, inspirado nas principais instituições de ensino da Europa e Estados Unidos, e hoje oferece cursos inovadores, completos e de altíssimo nível, que podem durar de três meses a dois anos. Os cursos do Centro Europeu sempre se antecipam às tendências de mercado e todos os professores são profissionais de destaque na área em que atuam.

O modelo de ensino é inovador, essencialmente prático antes de tudo e utiliza os mais modernos métodos e tecnologias. Os cursos de profissões e idiomas do Centro Europeu tem conteúdo de alto valor agregado, o corpo docente é referência em suas áreas de atuação, as  instalações são  sofisticadas e inspiradoras. Tudo isso faz com que ele seja referência no país.

A novidade neste ano é o Curso Civiltà e Cultura Italiana (Civilização e Cultura Italiana) voltado para todos aqueles que querem se aprofundar no idioma e na cultura da Itália, berço do Renascimento, e considerado um dos países mais belos do mundo, um verdadeiro museu à céu aberto, com ênfase na conversação. Para falar um pouco sobre o curso que irá ministrar, o professor Roberto Innocente, respondeu a algumas perguntas esclarecendo dúvidas e pontuando detalhes.

Fórum Romano

CEN – Descreva sua trajetória acadêmica e profissional.

RI – Nasci na Itália em 1957 na cidade de Pádova e vivi na Itália até 2006 ano em que vim para o Brasil a convite do Teatro Guaira para dirigir La Boheme. Na Itália era professor de Artes Cênica para cantores Liricos e de Direção da Opera Lírica e Musical pelos Cursos de “Alta Formazione” no Conservatório de Adria. Me formei na Academia Veneta dello Spettacolo e desde 1987 trabalho profissionalmente como ator, diretor, cenógrafo, dramaturgo. Desde que cheguei ao Brasil criei, junto com amigos brasileiros entre os quais quero lembrar o Luís Melo e a Nena Inoue que me ofereceram o espaço do extinto Ateliê de Criação Teatral, o Grupo Arte da Comédia que, tendo como referência o Teatro italiano e em particular a Comédia dell’Arte, se propõe a fazer uma Comédia dell’Arte Brasil. Com o grupo já ganhamos inúmeros prêmios. Além do teatro, a Ópera Lírica é minha paixão e lembro montagens emocionantes na Ópera de Arame, no Teatro Guaíra e na Capela Santa Maria. Desde que estou no Brasil tentei juntar as duas culturas, a italiana e a brasileira, procurando uma troca contínua que é mesmo o que aconteceu com minha vida.

CEN – Qual o diferencial que você apontaria para o Curso Civiltà e Cultura Italiana?

RI – Este novo Curso se apresenta como uma oportunidade, para quem já está no caminho do aprendizado da língua italiana de ir bem além, entrar na história, na literatura, na poesia, no teatro, na arte, nas tradições, na culinária, na moda, em fim, em todos aqueles assuntos que fazem do meu país um dos mais conhecidos em todo o mundo. Tudo isso “em italiano”, ou seja, a ideia é colocar o aluno na condição de desfrutar da língua, e de seus aprendizados, de um jeito diferente que vai diretamente dentro do cotidiano da vida italiana. Conhecer a cultura de uma nação significa se inteirar na nação mesma, e isso acaba sendo um jeito diferente de completar o estudo de um idioma.

Fontana dei Quattro Fiumi

CEN – O que os alunos (as) podem esperar desse curso? quais as características do mesmo?

RI – O objetivo principal é o de descobrir a Itália em todos os aspectos que fazem desta nação uma referência mundial em muitos setores. Desta forma, os alunos poderão ver a Itália sob uma luz diferente feita não somente de o que chegou até o Brasil no curso dos anos, mas também ampliar o que se conhece da Itália e que fez e faz grande este país. Encontraremos isso principalmente nos aspectos culturais revisitando os grandes momentos da história cultural italiana, e os grandes personagens. Momentos como o Renascimento, como o nascimento da opera lírica, só para dar alguns exemplos, ou o encontro com personagens como Dante Alighieri, Petrarca, Pirandello são passagens que marcaram a história mundial em seu desenvolvimento cultural.

Detalhe da obra A Criação de Adão de Michelângelo, obra ícone do Renascimento (Capela Sistina, Vaticano)

CEN – Que aspectos da civilização e da cultura italiana serão abordados ao longo do curso?

RI – Abordaremos todos os assuntos caracterizantes da cultura e que determinaram a civilidade italiana. Desde os aspectos históricos, como o mundo pré-romano, a antiga Roma, a Idade Média, o Renascimento, até a história da República, passando pela literatura, poesia, arte (pintura e escultura), moda, música, clássica e popular, o teatro, cozinha, as tradições populares, a dança e o baile, cinema e televisão, a divisão geográfica, as cidades, o esporte, a história da família italiana, incluindo as grandes migrações. Um percurso de trezentos e sessenta graus para se ter uma panorâmica o mais completa possível.

CEN – Quais os pré-requisitos para que o aluno (a) possa acompanhar o curso?

RI – O pré-requisito fundamental é ter um discreto conhecimento da língua italiana, pois o curso será exclusivamente nesse idioma (sempre com a possibilidade de ajudas onde necessário). Claro que uma base cultural ajudará a colocar eventos, histórias, personagens num contexto globalizado, mas a tentativa será a de colocar os alunos completamente à vontade, estimular a conversação, a serem ativos no curso fazendo pesquisas, trazendo informações. Um curso completo para quem quer aumentar seus conhecimentos e, sem sair do Brasil, fazer uma longa viagem pela Itália.

Dante Alighieri (1265-1321) e a Divina Comédia

Além desta inovação, o Centro Europeu oferece ainda cursos regulares e intensivos, adotando os melhores métodos de ensino para a  aprendizagem do idioma Italiano de renomadas editoras internacionais e seleciona seus professores entre os mais experientes e capacitados. Segundo o coordenador da área de italiano, prof. Flávio Cardoso, “sentimos cada vez mais necessidade de aprender a falar novas línguas. No entanto, para se tornar fluente nelas, podem ser necessárias muitas horas de aprendizado e não somente ver filmes e seriados  durante o período de férias, é preciso praticar com quem entende, por isso, a importância de um curso de intensivo de idiomas é enorme.

O Centro Europeu conta com uma metodologia moderna e avançada que proporciona aos seus alunos uma verdadeira imersão para desenvolver mais vocabulário  através de aulas direcionadas em que só é permitido utilizar a língua estudada. Os professores possuem uma vasta experiência cultural e linguística, sempre  em constante formação e ajudam a promover maior integração e comunicação entre os alunos sem criar constrangimentos e inibição.

 

Casarão típico italiano, transformado em Café e Livraria.

As aulas de intensivo preveem um contato diário com o idioma sem pausas semanais e torna o aluno muito mais  receptivo à língua estudada. Sua audição começa a se acostumar mais com sua sonoridade. Conversação, expressões cotidianas, ditados populares , falsos cognatos, musica, arte e gramática são aprofundadas  e os alunos podem ainda contar com plataformas online de auto correção para continuar aquilo que esta aprendendo em casa.    

Todo mundo que decide aproveitar os meses de férias para estudar uma língua estrangeira deve antes saber que,a pesar do nome (Curso intensivo de férias), a exigência é grande e o aluno deve estar consciente das suas possibilidades de estudo.Este é o momento de imersão e estudos para quem tem pressa em ganhar fluência, pensando nisso o Centro Europeu traz a proposta de  um aprendizado leve e prazeroso sem perder o foco.

Os intensivos do Centro Europeu acorrem nos meses de dezembro, janeiro, fevereiro e julho, com avanços de níveis para cada idioma que vai do básico ao avançado, de segunda a quinta ou de segunda a sexta  nos períodos da manhã, tarde ou noite.  

A escola conta com uma equipe de professores e funcionários aptos para direcionar  os alunos que se submetem aos testes de nivelamentos oferecidos através do nosso site ou diretamente em uma de nossas sedes”.

SERVIÇO:

Curso: “Civiltà e Cultura Italiana”

Local: Sede Batel do Centro Europeu – (41) 3233 6669
Rua Benjamin Lins, 999 – Curitiba – PR

Data: Início 16 de março 2020 (semestral)

www.centroeuropeu.com.br