• Home
  • Exposição “Conflitos: Fotografia e violência política no Brasil 1889-1964”, “Guerrilla Girls: Gráfica, 1985-2017” e “A Construção do Patrimônio”

Exposição “Conflitos: Fotografia e violência política no Brasil 1889-1964”, “Guerrilla Girls: Gráfica, 1985-2017” e “A Construção do Patrimônio”

A exposição Guerrilla Girls: Gráfica, 1985-2017 está em cartaz no MASP desde setembro de 2017 e ficará até dia 14 de fevereiro de 2018, de quarta, sexta, sábado e domingo às 17h30, quinta às 19h30 e às 22h00.

Guerrilla Girls: Gráfica, 1985-2017

A exposição Guerrilla Girls: Gráfica, 1985-2017 está em cartaz no Masp desde setembro de 2017 e ficará até dia 14 de fevereiro de 2018, de quarta, sexta, sábado e domingo às 17h30, quinta às 19h30 e às 22h00.

Guerrilla Girls é um grupo de ativistas feministas “usam fatos, humor e imagens ultrajantes para expor os preconceitos étnicos e de gênero, bem como a corrupção na política, na arte, no cinema e na cultura pop”

O Masp apresenta 116 trabalhos do grupo, incluindo dois cartazes que relatam a dificuldade de ser uma artista em um ambiente dominado por homens: As vantagens de ser uma artista mulher e As mulheres precisam estar nuas para entrar no Met. Museum?.

Ingressos: R$30,00 e R$15,00 (meia)

Local: MASP-Museu Av. Paulista, 1578 – São Paulo-São Paulo

 

Exposição “Conflitos: Fotografia e violência política no Brasil 1889-1964”

Durante todo o mês de janeiro até o final de fevereiro a exposição “Conflitos: Fotografia e violência política no Brasil 1889-1964” ficará em cartaz no Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro, de terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 11h às 20h.

A exposição apresenta 338 imagens que mostram revoltas e confrontos envolvendo o Estado brasileiro. A curadora da exposição é Heloisa Espada e alguma das fotografias são dos autores Juan Gutierrez e Flávio de Barros.

Entrada gratuita

Local: Rua Marquês de São Vicente, 476- Gávea – Rio de Janeiro/RJ

 

Exposição “A Construção do Patrimônio”

A Caixa Cultural recebe a exposição no dia 10 de janeiro e fica até o dia 4 de março, com horários de terça a domingo, das 9h às 19h.

 

Com curadoria de Luiz Fernando de Almeida, a exposição conta com mais de 150 obras de artistas como: Tarsila do Amaral e Mário de Andrade, que fazem um panorama sobre a preservação do patrimônio brasileiro. A exposição ainda conta com obras do Museu Histórico Nacional e MASP.

Local: Praça da Sé, 111 – Sé, São Paulo – SP

 

Tags:, , ,
Estudante do terceiro semestre de Jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo. Estagiária no curso de Educação em Direitos Humanos na Universidade Federal do ABC.

Deixe uma resposta

Assine nossa Newsletter

Faça parte dos nossos assinantes.

Estatísticas de Acesso